Categoria: Dicas

Resolvendo problemas de resolução nos formulários

jun 15, 2020 by admin

A partir da versão 2007, a Microsoft disponibilizou um comando muito útil e que nos ajudou em nosso desenvolvimento: o comando “Ancoragem”. Com esse recurso, resolvemos o problema com as diferentes resoluções.

Um dos problemas mais comuns quando desenhamos as telas dos sistemas em Access é dimensionar os campos e controles da tela de forma que fiquem visíveis em todos os tipos de monitores.

Na maioria das vezes, as telas são desenvolvidas tendo como base uma única resolução (geralmente 1024×768 pixels). A vantagem é que temos aí uma referência para o layout que serve para todas as telas da aplicação. O problema é que em resoluções menores as telas acabam ficando distorcidas ou alguns objetos acabam ficando ocultos. A saber, por padrão, todos os controles e objetos que são colocados em um formulário (bem como o próprio) é alinhado à esquerda e ao topo da tela. Isto significa que se uma tela preenche completamente uma resolução de 800×600 pixels, em um monitor com resolução maior o Access exibe a tela com um espaço vazio nas extremidades inferior e direita.

Até a versão 2003 este era um grande desafio para nós. Para contornar, desenvolvemos uma série de funções que desenhavam os controles a partir da resolução do monitor utilizado. Apesar de atender à necessidade, este redimensionamento acabava impactando na performance da aplicação, e em alguns casos havia travamento.

Porém, a partir da versão 2007, a Microsoft disponibilizou um comando muito útil e que nos ajudou em nosso desenvolvimento: o comando “Ancoragem”.

Ancoragem? 

Ancoragem (Access 2013)

Este comando permite criar um efeito “responsivo” em um controle no formulário. Com isso, é possível desenvolver a tela sem se preocupar com a resolução do monitor do cliente.

Tela desenvolvida sem Ancoragem, no formato Access até 2003. Veja que os controles estão alinhados à esquerda e ao topo.
A mesma tela com Ancoragem. Veja que os controles estão bem distribuídos na tela.

Tipos de ancoragem

Existem 9 tipos de ancoragem:

  • Superior esquerdo: alinha o controle à esquerda e ao topo da tela (esta é a opção padrão de todos os objetos do Access).
  • Alongar para cima: “estica” o controle na horizontal, alinhado ao topo da tela.
  • Superior direito: alinha o controle à direita e ao topo da tela
  • Alongar para baixo: “estica” o controle na vertical, alinhado à esquerda
  • Alongar para baixo de um lado a outro: “estica” o controle ocupando as laterais da tela
  • Alongar para baixo e para a direita: “estica” o controle tanto na vertical quando na horizontal, ocupando o espaço disponível
  • Inferior esquerdo: alinha o controle à esquerda e no rodapé da tela
  • Alongar para baixo: “estica” o controle na horizontal, alinhado ao rodapé da tela
  • Inferior direito: alinha o controle à direita e ao rodapé da tela

Abaixo, um exemplo de como podemos aplicar a ancoragem em nossos formulários.

Exemplo de tela em tamanho normal – a ancoragem não é percebida
A mesma tela maximizada – veja que a ancoragem ainda não está ativada
Tela redimensionada e ancoragem ativada em todos os controles, cada um com seu tipo

A ancoragem é um recurso muito útil, porém deve ser usado com atenção, pois os controles podem “atropelar” uns aos outros, dependendo de como for configurado.

A tela acima com erro – veja que um campo está “atropelando” o outro.

Conclusão

A ancoragem, se bem utilizada, pode ajudar muito no desenvolvimento das aplicações. Este recurso irá dar um toque “moderno” nas suas aplicações e com isso se tornar um diferencial em seus projetos.

A dica aqui é criar um esboço da tela e definir antes quais campos serão “esticados” e como isto será configurado. Feito isso, é só criar seus formulários.

Bom desenvolvimento!